Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
4884

Pais que educam filhos fora da escola

Atualizado em 02/06/15 09:55.

Filhos em casa aprendem com os pais.

 

Educação domiciliar encontra adeptos no Brasil e o principal motivo é que os pais veem o ambiente escolar como nocivo ao aprendizado dos filhos. O homeschooling termo que define a prática de ensino em casa já é regulamentado em 64 países, aqui projeto de lei tramita no Congresso.

 

Em 2012 Jonatas e Daví, na época com 19 e 18 anos, venceram duas competições da Campus Party competindo com 7 mil estudantes de Engenharia e Ciências da Computação sem nem ter terminado o ensino médio. Amplamente divulgado na mídia o caso ganhou notoriedade pois os país enfrentavam processos judiciais sendo acusados por “abandono intelectual”.

 

O controverso caso ganha adeptos e tem projeto de lei tramitando na camara dos deputados com parecer favorável da Comissão de Educação aguardando parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Só assim para ir a plenário e então passar no Senado.

 

Felipe Reitter, 22, dedica 100% do dia aos filhos, o primeiro com 3 anos e o segundo com 1 ano e meio. Ainda não são obrigados pela Lei de Diretrizes Básicas do MEC à irem a escola, mas diz que pretende “experimentar inicialmente os dois modelos, o da educação em casa e da escola”.


André de Hollanda, graduado da UnB, traçou em 2012 um perfil das famílias que aplicam o homeschooling no Brasil. 46% dos entrevistados são cristãos, 34% são tem renda maior que 6 salários minímos e que 62% não possuem o ensino superior completo. Ainda na pesquisa alguns pais consideraram que é possível da melhor educação em casa, que o ambiente de socialização da escola é nocivo, outros atribuem fatores religiosos e consideram o ambiente educacional da escola pobre.

Listar Todas Voltar