Weby shortcut
4884

Manchas brancas em gatos podem não ser só da raça

Atualizado em 02/06/15 08:59.

Elisama Ximenes

Siamês com vitiligo

O vitiligo é uma doença demartológica cuja visibilidade são espécies de manchas brancas na pele. Edelmilson Cardoso, especialista da área, explica que se trata de “uma leucodermia, uma doença que tem um caráter despigmentante”.

Hereditária ou causada por um stress emocional, a doença é comumente vista em humanos. Entretanto, gatos com manchas brancas podem tê-las não como uma marca da sua raça, mas elas podem ser vitiligo.

Um dos gatos mais comuns no Brasil, o Siamês, é o protagonista dessa história de bichano com pele despigmentada. A doença pode se manifestar no nariz e nas almofadas das patas do animal. Isso porque é característica da raça o rosto totalmente preto e o corpo branco, a não ser as patas.

Assim como nos humanos, não há uma cura conhecida para o vitiligo. Ele pode simplesmente desaparecer, ou permanecer na pele do animal. Mas há tratamentos para os humanos, o que não ocorre no caso dos gatinhos. Mas a doença causa um efeito apenas estético, não há riscos de problemas mais graves para o gato.

Entretanto, os donos ainda estranham quando acontece. Gisele Rocha conta que seu siâmes apresentou manchinhas brancas que ficaram “uns quatro meses no rostinho dele, achei estranho, mas depois sumiu”.

Listar Todas Voltar