Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
4884

MEC lança edital do Enem 2015

Atualizado em 26/05/15 10:56.

Inscrições começaram no dia 25 de maio, com mudanças principalmente para os treineiros

Por Jéssica Adriani


Ilustração

Recentemente,  o Ministério da Educação (MEC) lançou o edital do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, para o ano de 2015. E este veio com algumas mudanças em relação aos anos anteriores.

A começar pelo valor cobrado. Até então era de R$ 30, já este ano o valor sofreu aumentou em quase 80% e passou para R$ 65. No entanto, alunos de escolas públicas ou bolsistas, conseguem pedir a isenção da taxa.

Mas as mudanças ocorreram principalmente para os estudantes que fazem a prova antes de terminar o Ensino Médio. Segundo o novo documento, os menores de 18 anos que não concluíram o ensino secundário, não poderão usar a nota da prova para ingressar no ensino superior ou conseguir um certificado do ensino médio.

A artimanha era possível até então, os ‘treineiros’ que conseguissem atingir média elevada para entrar no curso que queriam, conseguiam antecipar o fim do Ensino Médio e passar para o superior antes da hora.

Para a estudante Amanda Vieira, 16 anos, isso já deveria valer antes, “mesmo tendo muita vontade de ir pra faculdade, sei que tenho que passar pela etapa de terminar o Ensino Médio, porque acabam indo pessoas muito novas e sem preparado para as universidades”.

O edital justifica a medida usando a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LBD) que estabelece que os concorrentes devem  ser maior de 18 anos e estar concluindo ou ter concluído o Ensino Médio.  

Para os que irão realmente fazer a prova como teste, ou seja, antes de terminar o ensino secundário, podem ser convidados para realizar a aplicação do Enem Digital, plataforma que ainda está em desenvolvimento para que no futuro todas as provas sejam aplicadas assim.

 

Nome social

O edital 2015 também trouxe mudanças em relação ao uso do nome social. Os candidatos que quiserem se autodeclarar com outro nome que não esteja em sua identidade, como travestis e transgêneros, podem utilizar seu nome social na prova.

O recurso era permitido desde 2014, mas não estava especificado no edital anterior. O candidato poderá solicitar após realizar a inscrição na página do participante.  

As inscrições do Enem 2015 começaram ontem (25) e seguem até o 5 de junho. As provas estão previstas para os dias 24 e 25 de outubro.

 

 

Listar Todas Voltar