Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
4884

As influências da greve na educação

Atualizado em 05/05/15 10:35.

Morgana Kelly

(Foto: Júnior César de Oliveira)

Os pesquisadores Thiago Romagnolo Alves e Luciane Pussi da Faculdade Maringá, afirmam em seu artigo científico "O direito de greve do servidor público civil no Brasil", que atualmente, a greve tem sido observada no Brasil, desde há muito tempo. E que no decorrer da história do país tivemos transformações econômicas, sociais e políticas. 

Segundo a pesquisadora, por meio da evolução de mudanças,o tratamento do instituto da greve no Brasil também evoluiu, tendo sido vista a greve, antes como algo prejudicial, ou negativo, e vindo a se tornar, como se observa na atualidade, um direito coletivo, de grande importância para a classe trabalhadora. 

Quanto à greve na educação, alguns professores e alunos procuram dar total apoio e outros promovem discussões sobre os desafios que podem existir. O professor da Universidade Federal de Goiás Nilton José dos Reis afirma que greve é um direito legítimo. Para ele não se cria problemas e sim existe uma tentativa de resolução dos que as categorias profissionais enfrentam.

Opinião

O técnico administrativo do audiovisual da Faculdade de Informação e Comunicação da UFG, Leonardo Eloi, afirma que greve sempre é necessária e traz benefícios para todos posteriormente.

Para ele os transtornos iniciais provenientes pela falta dos serviços e fechamento de alguns setores podem ser aliviados por meio da decisão de alguns funcionários que percebem a necessidade de sua presença em alguns dias em seu ambiente de trabalho, para não desestabilizar o sistema como um todo.

Para o estudante de Construção de Edifícios do Instituto Federal de Goiás Matheus Ferreira, a greve é um atraso desnecessário, pois os alunos e professores ficarão sem férias por um bom tempo e repor todas essas aulas, atrapalhará todo o cronograma.

Ele ressalta que para remediar parcialmente transtornos alguns alunos precisam colocar em prática algumas matérias estudadas, e fazer os trabalhos que alguns professores passam para que os alunos não percam o ritmo estudantil.

(Fonte:FIC)

Listar Todas Voltar