Weby shortcut
4884

A hora da fome

A fome exagerada ou até mesmo a falta dela podem ser sintomas de distúrbios alimentares sérios  

 

Por Kamila Monteiro 

Você come diversas vezes durante o dia? Fica saciado na primeira garfada? Sente vontade de comer grande quantidade de algo específico? Assalta a geladeira à noite? Acorda faminto? De acordo a nutricionista especialista em transtornos alimentares, Maria Del Rosário Alonso, essas características podem representar disfunções alimentares, como o transtorno do comer compulsivo e a síndrome do comer noturno. O artigo da Revista Psiquiatria Clínica revela alguns dos transtornos alimentares e suas causas mais frequentes.  

No intuito de descobrir se há algo errado com sua fome, a especialista citou algumas atitudes a seguir que servem como diagnóstico de transtorno. Acordou com muita fome? Sentir fome é normal. Segundo Alonso, fazer um desjejum que inclua laticínios, frutas e carboidratos é saudável. Se você não come durante a manhã, o cérebro percebe isso no corpo e pode querer compensar essa falta com uma compulsão à noite.

Se o seu apetite desaparece depois de algumas garfadas, fique atento porque pode ser um sintoma de distúrbio também. Como a regulação do apetite é um fenômeno psicológico complexo, algumas pessoas sentem o apetite desaparecer logo. Segundo a nutricionista, quem tem essa sensação e perde muito peso corre o risco de ficar desnutrido, então é preciso identificar a causa. Uma reportagem de site de notícias, mostra que as meninas na faixa etária entre 13 e 18 anos são as suscetíveis a transtornos alimentares. Veja a matéria aqui.

Você não para de comer doces?Alimentos industrializados tem uma combinação que gera sensação de prazer: sal, gorduras e açúcar. De acordo com o nutricionista, essa mistura vicia, por isso várias pessoas acham difícil não comer biscoitos, chocolates e doces. A dica é comer frutas e verduras na sobremesa todos os dias e os alimentos industrializados uma ou duas vezes por semana.

Você come muito pão? O pão branco possui um alto índice glicêmico, ou seja, o alimento é digerido logo que ingerido e dá vontade de comer outro. “Em geral adicionamos alimentos que nos proporcionam prazer, como manteiga, requeijão e geleias”, afirma Maria Del Rosário.  A sugestão é optar por alimentos integrais como pão, arroz e macarrão, mas lembrando evitar come-los no mesmo dia.

Você continua com fome 30 minutos após comer? A especialista explica que a deficiência de nutrientes como vitaminas e minerais pode levar o indivíduo a exagerar nas refeições. Deve-se investigar a causa e ingerir os alimentos adequados ou suplementos alimentares. Uma americana criou uma página em uma rede social onde ela expõe que era anorexia e alcoólatra, mas que súperos suas dificuldades e hoje em dia ajuda jovens a se recuperarem. Veja os vídeos e depoimentos dela no Facebook.

Fonte : FIC

Listar Todas Voltar