Weby shortcut
4884

De almofada na praça

Projetor, tela e pessoas sentadas sobre almofadas em plena Praça Cívica assistindo a um filme. Assim é o Cinealmofada.

Foto: Henrique Rodrigues

Foto: Henrique Rodrigues

Por Miqueias Coelho

Noite de domingo. Um monte de gente se senta no chão da praça para assistir a um filme. Parece aquele tipo de cinema itinerante que passeia por uma cidade pequena, mas não é. Estamos na principal praça de uma das metrópoles do país. E as pessoas estão sentadas no chão, apoiadas apenas por almofadas. Daí o nome do evento: Cinealmofada.

A mais recente exibição do projeto aconteceu no último domingo, dia 25 de maio na Praça Cívica, em Goiânia. A proposta é simples: um projetor é colocado em frente o Centro Cultural Marieta Telles e as pessoas são convidadas a levar suas próprias almofadas para se sentarem em volta e assistir a um filme, que, segundo a produtora Marcela Borela, sempre tem classificação livre. “São filmes que não chegam ao grande público, mas divertem, despertam o desejo de ocupação do espaço”, explica. Isso vem desde 2012, quando a primeira edição do projeto aconteceu.

Quase 600 pessoas assistiram ao filme “Quanto Mais Quente Melhor”, musical estadunidense de 1959 dirigido por Billy Wilder. Uma dessas pessoas é o artista plástico Jhony Aguiar, que se encantou com o projeto. “É interessante essa interação que a simplicidade de se ver um filme em plena Praça Cívica faz com as pessoas. Faz a gente ver o cinema como cultura, arte e não simplesmente entretenimento”, ele diz, completando que a experiência é única, e que todos deveriam participar sempre.

Cine Cultura

O Cinealmofada surgiu como um projeto do Coletivo Cine Cultura em 2012, quando o Cine Cultura estava fechado, a intenção é justamente trazer a interação do público para buscar revitalizar o cinema . A produtora Marcela Borela explica que a repercussão do projeto foi tão grande que ao final do mesmo ano, o cinema foi reaberto. “E hoje o Cinealmofada praticamente tem vida própria, mas ainda busca estreitar essa relação do público, revitalizar o cinema, conquistar o espaço público”, afirma.

O Cine Cultura existe desde 1989. Em 2011, ele foi fechado e assim ficou até o final de 2012, quando reabriu com um show da banda de rock Cambriana. De lá até aqui, o cinema passou por muitas dificuldades, mas vem se mantendo como referência cada vez maior em cinema em Goiânia.

Fonte : FIC

Listar Todas Voltar