Weby shortcut
4884
Fones de ouvido

Fones de ouvido e a constante utilização

É cada vez maior o número de pessoas que sofrem problemas auditivos por mau uso do objeto 

Por Kamila Monteiro 

Os fones de ouvido, mais conhecidos como “foninhos”, se tornaram acessórios indispensáveis para os apreciadores de músicas. São companheiros fiéis daqueles que gostam de ouvir suas melodias favoritas na rua, no ônibus, na caminhada e até antes de dormir. Entretanto a falta de cuidado na hora de escolher o acessório em conjunto com o descuido do dia a dia, tem provocado diversos transtornos à vida dos usuários, como por exemplo, problemas auditivos.  

Um dos principais maus hábitos que existem é ouvir músicas no último volume com os foninhos. A reportagem do G1 traz uma pesquisa mostrando que esse é um dos responsáveis pela perda auditiva precoce de muitos brasileiros, principalmente nos adolescentes. Um dos principais sintomas é o zumbido, que é um ritmo acelerado que se manifesta na cabeça ou no ouvido da pessoa. A sensação que se tem é de chiado, som de apito ou de cigarra. O barulho pode ser contínuo ou intermitente.

A estudante, Miriã Cristina, 16, diz que sempre ouve música alta com os fones de ouvido.  De acordo com a aluna, o fone proporciona escutar detalhes da música que não se percebe nas caixas de som, além de propor a vantagem de escutar qualquer música em qualquer lugar. “Eu gosto de ouvir clássicos quando estou fazendo tarefa porque me ajuda a pensar melhor”, afirma. O site Mega Curioso traz uma reportagem que consta alguns mitos e verdades sobre estudar e ouvir música ao mesmo tempo.  

Segundo médico do Hospital Otorrino de Goiânia, Chouzo Fukushima, a partir do momento que o som do fone é ouvido por alguém ao lado, significa que o volume está acima do recomendado e a constante exposição pode causar sérios problemas auditivos. A intensidade recomendada é de 85 decibéis por, no máximo, oito horas no dia. Dependendo da intensidade, o tempo deve ser reduzido para 10 a 15 minutos. Tudo depende do tipo de fone que se está utilizado.

É possível continuar usando os foninhos sem grandes preocupações com o sistema auditivo. Para isso, especialistas fazem recomendações tanto com o corpo quanto com o acessório. Os ouvidos e os fones devem sempre estar limpos e é necessário observar a frequência que os fones produzem. A última dica é manter a higiene dos foninhos, que além de proteger o sistema auditivo ainda contribui na durabilidade do objeto. Seguindo essas pequenas dicas, qualquer pessoa pode desfrutar tranquilamente do benefício de escutar a música favorita onde quiser e quando quiser. 

Categorias : Saúde

Listar Todas Voltar