Weby shortcut
4884

Sempre bonitas e antenadas

Como a nova geração de mulheres aprende na internet o que antes era restrito à profissionais da área da beleza

por Carmem Curti

Fonte: http://juliapetit.com.br/

Fonte: http://juliapetit.com.br/beleza/

Tudo pode ser encontrado na internet. Da receita de pão que a sua avó costumava fazer até a melhor maneira de reformar um sofá, tudo está disponível na web para ser aprendido – e não é diferente quando se fala em beleza. Qual maquiagem comprar, como usar, quais os efeitos dos produtos em diferentes peles, cabelos e unhas e o que invetar com eles são perguntas que já tem respostas nos blogs e sites especializados em tutoriais desse tipo.

Os sites internacionais surgiram primeiro e ainda são muito expressivos nesse universo. Portais como o The Beauty Department postam o passo-a-passo de vários processos, sendo os principais penteados e maneiras diferentes e divertidas de se fazer maquiagens. No Brasil, blogueiras como Julia Petit (foto), que comanda o site Petiscos, e Camila Coelho, do Super Vaidosa, ficaram famosas e são presença confirmada até mesmo nas semanas de moda devido ao trabalho que fazem na internet e aos tutoriais que postam.

Aprendizagem

Para a estudante Alice Orth, a internet é um lugar de possibilidades infinitas. “Comecei a pesquisar porque tinha coisas que me incomodavam no meu rosto e queria alguém que me ajudasse”, e, como não tinha ninguém próximo a ela com esse tipo de conhecimento, Alice buscou nas blogueiras algum suporte.

Alice aprendeu, assim, até a escolher melhor os produtos sem se basear só na propaganda veiculada pelas marcas. “Acho até mais fácil pela internet, porque você pode pesquisar coisas que realmente te interessam, acessar a qualquer hora e descobrir algo quase imediatamente depois que é lançado – e sofrer porque não tem no Brasil, ou os impostos são absurdos”, conta.

O barato dos vídeos e tutoriais é ficar sabendo o que é compatível com vocês, segundo o seu gosto ou detalhes físicos. No site Pausa Para Feminices, a blogueira Bruna Tavares testa os produtos e posta os resultados. Outra favorita de quem procura esse tipo de ajuda é Marina Smith, que aparece na foto abaixo com make inspirado na cantora Jennifer Lopez, do 2beauty. “Os tutoriais dela não costumam ser exagerados ou pra ocasiões muito formais. Dá pra copiar e usar no dia-a-dia numa boa”, recomenda Alice.

Fonte: http://www.2beauty.com.br/blog/

Reprodução: http://www.2beauty.com.br/blog/

Aprender a se maquiar com qualidade através da internet é possível, segundo a estudante carioca Juliana Martins. “Apesar de comprar maquiagem e usar antes, só depois que descobri os blogs de tutoriais passei a me maquiar com mais frequência e 'qualidade'”, disse. Além de se maquiar, aprendeu também a se preocupar mais com a qualidade dos produtos e a se sentir segura para fazer maquiagens mais trabalhadas sem fugir do natural, e esse é um trunfo dos blogs: ajudar a autoestima de suas leitoras.

Mesmo que os blogs de beleza sejam ótimos e que Juliana não deixe de acessá-los e de advogar por eles, para ela eles continuam não sendo a mesma coisa que aprender com um profissional ao vivo. “Acho que a internet ajuda bastante e é sim possível aprender muito bem a se maquiar apenas vendo os vídeos. Mas é claro que com um profissional ao vivo deve ser melhor de aprender, porque o profissional pode dar dicas específicas para seu tipo de rosto, pele, a ressaltar um ponto e tentar esconder outros. Além do fato de você poder tirar suas dúvidas na mesma hora”, afirma a estudante.

 

Fonte : FIC

Listar Todas Voltar