Weby shortcut
4884

Engolindo sapos há séculos

Sem origem ou autores certos, os ditados populares continuam perpassando gerações e dando sentido às conversas do dia a dia

Por Denyze Nascimento

 Engolindo sapo

 

 

 

Aqui não é a casa da mãe Joana”. Essa é a expressão usada por Salém Jardim, 36, quando quer colocar ordem em seu filho Benjamin de 1 ano. Falado por muitos, os ditados populares são expressões de senso comum de um determinado meio cultural.

Embora não saiba a origem dos termos que usa, Salém ver as expressões como uma “mão na roda”: “quando eu era criança ouvia muito minha mãe usar certos tipos de frases para expressar raiva, ironia, amor. Hoje reproduzo muito do que era dito por ela no meu dia a dia para me fazer entender rapidamente”.

Independente da idade, credo ou classe social, os ditados, também conhecidos como provérbios estão na ponta da língua de pessoas do mundo inteiro e seguem resistindo ao tempo e às mudanças tecnológicas, isso porque traduzem de forma simples e direta o que há de mais expressivo em relação ao sentimento e ideias dos seres humanos.

Para Salém, seu filho também irá reproduzir o que ouve: “ ele só tem um aninho e me ouve falando provérbios o dia  todo. Esse é um dos legados que deixarei para ele”. E ela está certa, além de proporcionar comunicação rápida e eficaz, os provérbios também expressam ensinamentos milenares, um exemplo são os provérbios chineses, onde a tradição e conhecimento dos antigos são valorizados.

Se depender de Salém e do pequeno Beijamin, a tradição não irá morrer: “vejo muitos bordões surgindo e desaparecendo,  um deles é do cantor Compadre Washington “sabe de nada, inocente”. agora em casa de ferreiro espeto de pau, esse não morrerá jamais”. Para ela, os bordões são efêmeros porque os autores são conhecidos, e de uma outra para outra se torna um viral, mas da mesma forma que chegam, eles se esvaem.

Uma coisa é certa, os ditados populares são atemporais e facilitam muito o diálogo. Se você quiser saber o significado de algumas expressões acesse:

http://tokdehistoria.wordpress.com/2013/10/03/ditados-populares-e-seus-significados-ii/ 

 

Fonte : FIC

Listar Todas Voltar