Weby shortcut
4884

Música no Campus e o espaço pra cultura na UFG

Projeto que promove shows com ingressos a preços populares, de artistas nacionalmente reconhecidos, traz milhares de pessoas ao Campus Samambaia

 

por Ludimila Mendonça

 

Estudantes na entrada de show do Música no Campus

 

O Música No Campus é um projeto da Universidade Federal de Goiás, executado por meio da PROEC (Pró-Reitoria de Educação e Cultura), que traz pra dentro da universidade grandes nomes da música brasileira. Com um valor de ingresso considerado acessível, os shows do Música No Campus lotam o Centro De Cultura e Eventos professor Ricardo Freua Bufaiçal no Campus Samambaia, Zona Norte da cidade de Goiânia.

Pelos palcos do projeto, já passaram artistas que são parte da história da música brasileira como Alceu Valença, Baby do Brasil e Moraes Moreira integrantes dos consagrados Novos Baianos, Milton Nascimento e Lô Borges, Gal Costa e outros nomes. A nova geração musical também teve seu espaço com artistas como Criolo, Otto, Tulipa Ruiz e Davi Moraes que cantou ao lado de seu pai Moraes Moreira.

O show que fechou a série de apresentações do ano passado ficou por conta de Milton Nascimento e Lô Borges, que fizeram uma apresentação em homenagem aos 40 anos do Clube da Esquina. Antes da apresentação musical, Márcio Borges aproveitou para lançar seu livo Clube da Esquina 40 Anos, o show foi um sucesso de bilheteria tendo encerrado os ingressos horas antes do evento.

A temporada 2014 terá como abertura o show “Em Família” do cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo, que fez seu último show em Goiânia em junho do ano passado no projeto Arraiá do Cerrado. O show será dia 6 de maio, as oito da noite, no Centro de Cultura e Eventos Prof. Ricardo Freua Bufáiçal.

Tratando-se de uma iniciativa cultural dentro da universidade, apenas a PROEC se envolve na escolha dos artistas que se apresentam no projeto, não existindo a participação estudantil no processo de construção do Música no Campus.

Como se trata do mais expressivo espaço cultural apresentado pela instituição e o único desse porte, os estudantes reclamam da pequena quantidade de shows. O estudante Nasser Najar de Comunicação Social, avalia da seguinte forma “O Música no Campus de certo modo atende as necessidades culturais do meio acadêmico, ou pelo menos passa essa ideia. Os preços são justos, mas na minha visão o errado é o espaço utilizado que é muito pequeno e uma edição que é muito longe uma da outra”.

Fonte : FIC

Categorias : Cultura

Listar Todas Voltar