Weby shortcut
4884

Trabalho informal traz benefícios para trabalhadores

É grande o número de trabalhadores que exercem suas atividades informalmente no país e ganhos podem ser maiores que no trabalho formal

 

 

Jéssica Reges

É considerado trabalhador informal todo aquele que não está filiado a previdência social e
exerce atividade remunerada. Esses trabalhadores deixam de ter acesso aos benefícios  que a previdência oferece como auxílio doença e aposentadoria.

No Brasil, a mão de obra informal somava até 2011, 44,2 milhões de pessoas, o que dá entorno de 22% do total da população brasileira. Segundo a pesquisa mensal de emprego do IBGE nos seis primeiros meses deste ano o trabalho informal rendeu mais do que o com carteira assinada, sendo de 5,5% e 1,8% respectivamente.

Essa diferença acontece pelo fato dos ganhos no emprego informal acompanhar o valor do
salário mínimo, que nos últimos anos tem tido um aumento acima da inflação. Diferente do trabalho formal, onde o reajuste é uma vez por ano e não muito acima da inflação.

O salgadeiro José Maria Aleixo deixou o emprego em uma loja de artigos esportivos há
25 anos e passou a trabalhar em sua própria casa fazendo salgados sob encomendas para
colégios. Facilidade e comodidade foram razões que o fizeram optar trabalhar em sua própria residência.

Apesar de ter o lar como o próprio local de trabalho, há tarefas pesadas e cumprimento de
horário. “Eu resolvi trabalhar em casa para facilitar o meu horário de levantar e problemas de funcionários, pois minha própria família me ajuda. Mas sempre cumpri meu horário. Nunca atrasei, nunca falhei um dia de trabalho nem por causa de doença”, diz o salgadeiro.

Fonte : Fic

Listar Todas Voltar