Weby shortcut
4884
Pequi

Mídia Trash Um Universo à Parte

A mídia trash é um estilo que tem avançado cada vez mais no mercado do cinema e ganha mais adeptos a cada dia.

 

Por: Andressa Ricco

 Rodrigo

                                   Diretor de Cinema Trash da Vagalume Filmes - Autor anônimo

O cinema trash é algo tão antigo quanto o próprio cinema. Quando surgiram as primeiras câmeras de filmagem, os cineastas de quintal fizeram os primeiros vídeos trash e os exibiam em matinês para demonstrar seu talento.

O diretor goiano de filmes trash e um dos fundadores da VAGALUME FILMES Rodrigo Assis, faz filmes trash há oito anos e diz sempre ter gostado de cinema. Em entrevista, Rodrigo conta como foi sua primeira experiência com esse estilo de fazer cinema e como produz suas obras.

A entrada no cinema trash

Rodrigo diz que sempre gostou de filmes e isso não se pode discutir. No ano de 2005, quando foi realizada a segunda mostra trash de filmes, vislumbrou a oportunidade de participar com algum filme. Foi quando ele e mais quatro amigos se juntaram para fazer um filme; "queríamos fazer algo que representasse nossa terra, daí pensamos, é claro, no Pequi", comenta.

"O primeiro filme que produzimos foi “O Pequi”, de baixíssimo orçamento, todo o material foi pego emprestado com alguém, a fita era usada, (risos). Foi nessa época que resolvemos fundar o grupo independente de filmes, a VAGALUME FILMES, mas depois deste primeiro filme ficou somente eu produzindo os próximos", conta Rodrigo.

A produção


Todos os filmes produzidos por Rodrigo são feitos com amigos que têm interesse em participar sem ganhar dinheiro algum,  a equipe busca se divertir nas produções.  Ele ressalta também que todos participam com muito bom humor e estão sempre dispostos a fazer as bizarrices que o filme exige. "Sempre deixamos pronta a “preparação de elenco”, que é uma caixa cheia de refrigerante e cerveja e com isso, os atores ficam mais à vontade para realizar altas cenas audaciosas, (risos)."

A inspiração

As histórias e inspirações são baseados em diversos filmes que o diretor assiste, mas também na colaboração de amigos que sempre o procuram na rua e falam: “cara, pensei em uma ideia ótima para seus filmes, e se você fizesse isso….”. Todos que encontram Rodrigo Assis querem contribuir com algo, mas para os títulos dos filmes ele diz sempre pensar em algum filme que o marcou ou que marcou o cinema de alguma forma.

"Podemos usar como exemplo o título do segundo filme da minha saga do pequi, que se chama “Pequi Zero”, coloquei este título baseado em um filme que curto muito, que se chama Cubo Zero. Um outro filme meu chama-se “Pequi, A Aniquilação”, sempre tem algum filme com vingança que colocam este título," afirma.

O próximo filme de Rodrigo Assis estou que está em fase de edição, por exemplo, se chamara “Pequi Revelations”, "pois agora será a quinta parte da saga do filme em que vamos descobrir toda a verdade sobre o pequi," termina ele entre risos.

Sobre a mídia trash veja também:

 http://centraltrash.blogspot.com.br/2013/04/diretor-independente-vini-trash-busca.html

http://maratonatrash.blogspot.com.br/p/todos-os-filmes-do-cine-trash.html

http://terrorvinny.cineblog.com.br/67115/Lista-de-filmes-do-Cine-Trash/

 

Fonte : FIC

Listar Todas Voltar