Weby shortcut
4884

Fenômenos não tão naturais

O aumento das incidências dos desastres ambientais levam ao questionamento de até onde é ação da mãe da natureza ou se é fruto da interferência humana

 Jéssica Reges


Há algum tempo, aproximadamente 10 anos, cientistas estudam porque alguns fenômenos da natureza como furacões, vulcões, terremotos e mudanças climáticas estão se intensificando e surgindo em regiões antes inesperadas.

A geógrafa Juliana Ramalho Barros, diz que realmente alguns fenômenos se intensificaram, porém, tiveram maior repercussão devido ao número de pessoas que atingiram. “Alguns fenômenos realmente estão ocorrendo em maior freqüência, mas algumas vezes o que intensificou não foram os fenômenos em si, mas sim as conseqüências deles”.

No interior do Rio de Janeiro já podemos acompanhar vários deslizamentos de terra no início do período chuvoso. Cidades como Petrópolis e Teresópolis já foram devastadas pela chuva. A ocupação irregular das encostas dos morros retira a vegetação responsável pela sustentação do solo que, somada às chuvas intensas, acaba movendo a terra e provocando os deslizamentos.

Em janeiro de 2010, o Haiti foi atingido por um forte terremoto de magnitude sete na escala Richter. O abalo causou grandes danos a Porto Príncipe, capital do país, e a outras regiões do Haiti. Segundo a professora, acontecimentos como estes não são ocasionados por interferência humana.“Isso é fenômeno geológico, é um fenômeno natural, o planeta sempre passou por esses acontecimentos e sempre vai passar, não tem nada a ver com interferência humana”.


Mudanças climáticas

Um dos fatores que mais preocupam os estudiosos é a mudança climática no planeta. A Terra tem uma espécie de manto que a mantém aquecida, é o chamado efeito estufa. Este, é de vital importância, sem ele, a atmosfera seria cerca de 18 graus Celsius mais fria.O agravo deste efeito é considerado um problema, pois ocasiona o aquecimento global.

Everaldo Pastore que é membro da Associação para Recuperação e Conservação do Ambiente afirmou que a ação humana é a grande responsável pelo aquecimento global. “Algumas coisas podem ser imputadas às próprias condições, mas grande parte do aquecimento global deriva da ação humana.”

A intensificação do efeito estufa ocorre em função do aumento da emissão de gases poluentes na atmosfera. Esses gases formam uma camada de poluentes, que absorve grande parte da radiação solar emitida, dificultando a dispersão do calor, e causando um aumento nas temperaturas do mundo.

 

Fonte : Facomb

Listar Todas Voltar