Weby shortcut
Jovens Jornalistas - FIC UFG

Ferramenta de análise oculta

Apesar de não exigir um perfil definido, cliente oculto precisa possuir determinadas características  

 

Por Thaís Tarelho

Em qualquer trabalho é essencial que o profissional possua traços que tornem mais provável o bom desenvolvimento da atividade. De tal forma, ainda que o cliente oculto não tenha carteira assinada, ele precisa atender alguns aspectos e conhecer a realidade do trabalho.

É fundamental que o candidato seja maior de idade e tenha o ensino médio completo. Além disso, deve ser discreto e primar pela organização para cumprir prazos e estar atentos aos detalhes e às regras estabelecidas. Outro ponto fundamental é que o interessado seja desinibido e aja naturalmente ao simular situações.

Quanto às atividades, o cliente oculto deve apresentar feedback aos membros da equipe propondo soluções para os itens avaliados como insatisfatórios e ter percepção quanto às técnicas de venda, habilidades interpessoais e conhecimento do produto que está analisando.

Após explorar e avaliar impressões e opiniões, as propostas de melhoria devem ser disponibilizadas ao cliente, juntamente com a promoção de engajamento organizacional.  

Fonte: FIC

Categorias: Trabalho