Weby shortcut
4884

Alemanha oficializa terceiro gênero

 Pais poderão registrar seus filhos como sexo indefinido

por Yago Rodrigues

“Hen” é o recente pronome sueco para ele e ela, para ambos ou nenhum dos dois. Com tradução literal “galinha” e no holandês o pronome plural “eles”, “hen” é utilizado na busca pela igualdade, pela não discriminação, nos diversos significados de “discriminar”: examinar visualmente, no julgar e tratar desigualmente, com preconceitos.

Da Europa, outra notícia chega. A Alemanha oficializa o terceiro gênero. Os pais terão a opção de registrarem seus filhos, que nascem com características de ambos os sexos, como indefinido. Para bebês intersexuais (hermafroditas), que tanto já sofreram com cirurgias que determinam (precocemente) e até confundem mais a sexualidade, o ganho é maior. A legislação permite a criança, já adulta, escolher qual gênero se definir.

terceiro gênero

Fonte: BBC

Recepção

Na página da BBC, na rede social Facebook, a notícia provocou discussões. Alguns comemoram a iniciativa de um país marcado por tanta injustiça no passado. Outros escrevem como “erro de Deus” (ser hermafrodita) e a discussão se mistura com religião e questões mais profundas, como “de onde vem a vida”.

Alguns comentários se entrelaçam com a homossexualidade. E mais dúvidas e intolerâncias surgem. Daí, fica a dúvida sobre ser democrático e ouvir o outro, pois apontar ignorância (e discriminar “ignorante!”) não é ser democrático, tampouco aberto. Discutir e querer entender (“de onde viemos, a teoria de Darwin ou acreditar em Deus, os sete dias?”, “por que se é gay?”) pode ser bom, por mais que atormente. Gera conhecimento.

Implicações

Algumas questões sobre a nova lei ainda estão em aberto. Na Alemanha, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, não é autorizado. O passaporte ainda conta apenas com as duas opções: feminino e masculino. Na Austrália, desde 2011, há a opção de se identificar com o sexo X, assim como na Nova Zelândia, desde o ano passado.

O que se espera, talvez, além de identificar é ser tratado como “hen”, sem ser excluído, mas como parte (do mais indefinido que seja). Enquanto, o terceiro gênero, o intersexo comemora a conquista na Europa.

Fonte : Fic

Listar Todas Voltar