Weby shortcut
4884
Segurança do Trabalho

Número de acidentes de trabalho aumentam em todo o mundo

Prevenção é a melhor maneira de evitar os acidentes mas ainda falta comprometimento das empresas

Por: Sara Luiza

Segundo a Organização Internacional do Trabalho, um trabalhador morre a cada 15 segundos em todo o mundo por acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho. No total são 2, 34 milhões ao ano. No Brasil, são mais de 700 mil acidentes registrados por ano em Goiás o número chegou a mais de 15 mil acidentados no ano de 2011, de acordo com dados do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho.

Mas é importante frisar que de acordo com a lei n°8.123/91, as doenças profissionais e doenças de trabalho equiparassem a um acidente de trabalho típico que é conceituado por ser aquele que ocorre no exercício da função do trabalhador á serviço da empresa. Ou seja, as doenças ocasionadas pelo ambiente ou pela função exercida pelo trabalhador são consideradas nos números como acidentes de trabalho.

E são as enfermidades relacionadas ao trabalho que aumentam as estáticas a cada ano. Os números da Organização Internacional do Trabalho em pesquisa divulgada em abril de 2013, mostram que as doenças de trabalho matam mais de dois milhões ao ano, enquanto que os acidentes típicos somam pouco mais de 300 mil. Além disso, 160 milhões de pessoas sofrem de doenças não letais relacionadas ao trabalho.

Prevenção

Para o Técnico de Segurança do Trabalho, José Antônio de Novais, a prevenção ainda é melhor maneira de se evitar os acidentes. Segundo ele, a maioria das empresas ainda não valorizam a segurança dentro do ambiente do trabalho e só se dão conta da importância de seguir as regras quando acontecem coisas mais graves com o seu funcionário. Além de ser a melhor maneira de evitar os acidentes, a prevenção tem custo menores do que o tratamento de reabilitação do empregado se algum acidente acontecer.

“Toda empresa, seja pública ou privada, é obrigada a instaurar uma Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) para que sejam evitados os acidentes, mas apenas as empresas maiores e que tem um nível de de insalubridade maior é que se preocupam, e geralmente isso acontece porque a fiscalização sobre elas é bem maior”, explica José Antônio. Para ele, se as empresas realmente se comprometessem com a segurança do trabalhador os números de acidentes e doenças decreceriam.

Programa

Para ajudar na conscientização dos trabalhadores e empresas o Tribunal Superior do Trabalho juntamente com Conselho Superior da Justiça criaram o programa Trabalho Seguro- Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. Além de trazer dados sobre os acidentes de trabalho em todo o Brasil, o programa tem como objetivo contribuir para a diminuição do número de acidentes registrados no país.

 

Fonte : Facomb

Categorias : Trabalho

Listar Todas Voltar