Weby shortcut
4884
Colheres

O Curioso Mercado Central

O que há no tão antigo mercado central? Pelos típicos corredores do mercado é possível encontrar de tudo e fazer uma longa viagem no tempo

Por: Andressa Ricco

Violões

Artesanato local - A. Ricco

O Mercado Central localizado na Rua 3 no centro da capital goianiense é um dos mais antigos centros de vendas de artesanato e produtos típicos regionais. Há muitos comerciantes que estão no local há muitos anos e muitos herdaram dos pais e avós o ofício de ser um comerciante tradicional do mercado.

Esse é o caso de Vinícius Cavalcante, 26, que é vendedor na Tabacaria do Maninho. O negócio começou com o avô em 1952 e após o falecimento dele a mãe de Vinícius herdou a banca e continuou a administrar as vendas juntamente com o filho e trabalham juntos há 18 anos. “Tem cliente que é comprador desde a época meu avô e ainda continua fiel à loja,” comenta.

A banca é especializada em venda de tabaco em geral, fumo de corda, seda, narguilé, charutos entre outros produtos, mas o carro chefe é o fumo de corda. “Começou com o fumo de corda, que vem de vários lugares, Piracanjuba, Nova Veneza, Arapiraca. Meu avô passou o negócio para a minha mãe e a tradição continuou,” afirma.

Sobre as curiosidades do mercado Vinícius afirmou já ter visto muita coisa, “tem muitas pessoas diferentes, não é aquela mesma coisa, como trabalhar em escritório, cada dia acontecem coisas diferentes, cada cliente faz uma pergunta engraçada.” De acordo com ele há oscilações nas vendas como em todo comércio, mas durante as férias, na contra mão dos demais comércios onde caem as vezes, Vinícius disse vender bem, porque os clientes viajam para o Araguaia e compram o fumo para consumir nas férias.

Outra curiosidade relatada por ele é o fato de que muitos turistas se espantam por ainda existir o fumo de corda e a maioria afirma nunca ter visto o produto e ficam curiosos em relação à banca. “Vem gente do Brasil todo, mas acho que o mercado precisa ser mais divulgado,” declara.

Entre as tantas bancas e lojinhas há muita coisa bonita, artesanato local, indígena, doces caseiros, tachos e muito mais. Se você está precisando de um bom polvilho da roça ou de um queijo curado, pode correr para o Mercado Central, porque lá além de encontrar essas coisas tão típicas é possível fazer uma viagem no tempo.

Cachimbos

Material da Tabacaria do Maninho - A. Ricco 

Fonte : FIC

Listar Todas Voltar