Weby shortcut
4884
danilo 444

Brasileiros que escorregam na hipocrisia

A velha política do pão  circo novamente se mostrou eficaz para aquietar o povo

Por Danilo Boaventura


O mês de junho de 2013 sem sombra de dúvida será lembrado nos livros de História do nosso país. As multidões de jovens que saíram às ruas em protesto contra o aumento da tarifa do transporte coletivo colocaram na pauta da indignação uso o indiscriminado do dinheiro público que custeou a construção dos modernos estádios para a Copa.

Gritaram pelo contrassenso  de gastar bilhões de reais em arenas futebolescas suntuosas e continuar preterindo áreas prioritárias como saúde, educação e transporte.  

Os governantes, tremeram nas bases. Logo tiveram que ceder à reivindicação mais evidente, desonerando inúmeros tributos e subsidiando parte do que queriam cobrar as empresas que detém a concessão das linhas. Em muitos estados, saiu até o passe livre, rouco pedido dos estudantes universitários e secundaristas.  

Projetos de leis que resguardariam a impunidade de políticos criminosos caíram. Royaltes do pré-sal serão transferidos integralmente para a educação e saúde. Vitória que custou mobilização em massa, tomada das ruas e resistência à intransigência de parte dos meios de comunicação.

Porém, no derradeiro dia do mês, a mesma juventude que brilhou com seus apelos, se apagou com os holofotes dos Maracanã -  local da final da Copa das Confederações - e se ofuscou entre as cores da televisão, paralisada que ficou diante da Globo que antes criticou pela cobertura tendenciosa. Tudo se calou e se prostrou diante do jogo.

O Facebook, hora usado para agendar e organizar as manifestações, ficou repleto de juras de amor pela seleção brasileira e por jogadores que ganham milhões em cima do prestígio que a população lhes dão por simplesmente mexer com as pernas e chutar uma bola. A velha política do pão  circo novamente se mostrou eficaz para aquietar o povo.  

Penso que as pessoas que antes foram às ruas e, no momento da "final", deixaram suas plaquinhas com frases de efeito de lado, merecem o país desigual e o governo ineficiente que têm.  

Que a esperança por dias melhores se reoxigene com àqueles que não suportaram a hipocrisia e foram na porta do estádio carioca protestar contra toda a palhaçada que estava do lado de dentro do monumento. E as pessoas que extasiaram-se em cada chute na bola dado pelo Neymar tenham, pelo menos, a vergonha de não sair mais de casa para manchar com a sua imbecilidade uma luta que apenas começou.  

Que permaneçam como meros espectadores televisivos, pois, a final, é o que melhor sabem fazer.  

Fonte : Facomb

Listar Todas Voltar