Weby shortcut
4884
coop

Cooperativismo mostra a nova cara da economia

 

Colaboração mútua e participação democrática são as características do modelo

Por Luiz Eduardo Kruger

 

O cooperativismo é o sistema socioeconômico baseado no participação de todos os membros e que tem por objetivo a prosperidade do grupo e não de um elemento individual. Os cooperados têm voz e tomam as decisões da empresa de forma conjunta, dividindo também os lucros da cooperativa.

 

A noção de um sistema de cooperativas nasce a partir da revolução industrial na Inglaterra do século XVIII. Os trabalhadores se organizaram e, centrados no bem-estar do grupo, constituíram a primeira cooperativa. No Brasil, elas começam a surgir a partir do dos anos 1880, principalmente como cooperativas rurais. Em 1969, foi criada a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

 

Estilo de vida

 

Muito mais do que um modelo econômico, o cooperativismo é uma filosofia de vida. O cooperado deve entender que o coletivo é o mais importante e deve seguir os sete princípios do cooperativismo.

 

Makário Júnior, é assistente de negócios da cooperativa de crédito SICOOB, e afirma que a cooperativa é uma boa alternativa. “Oferecem boas taxas de juros em relação aos bancos comerciais, tarifas e serviços reduzidos e participação nos lucros”, diz.

 

Mas Makário ressalta que são necessárias mudanças na consciência dos cooperados. “Para um pessoa física ou empresa se tornar cooperado, não basta abrir uma conta, é preciso que haja uma mudança na forma de pensar o sistema financeiro”, afirma.

Categorias : economia

Listar Todas Voltar