Weby shortcut
4884

Falta acesso

Mesmo com a crescente facilidade de acesso a bens culturais um grande número de pessoas ainda encontra dificuldades para ir ao cinema

Por Laysse Sanches

Desde a primeira exibição de um filme a aproximadamente 116 anos, o cinema vem fascinando, divertindo e agregando valores, sempre envolto em uma aura de magia, mas mesmo depois de tanto tempo esse encanto não chega a todos os lugares e pessoas.

Segundo dados da Agência Nacional de Cinema, Ancine, em 2007 havia apenas 2.098 salas de cinema em todo Brasil. De acordo com um levantamento realizado pelo IBGE, 5.141 municípios brasileiros não possuem sala de cinema, o que totaliza 92,40% das cidades do país.

O anuário de estatísticas culturais do Ministério da Cultura aponta que em Goiás havia 62 salas de cinema em 2007, sendo que 63% se concentravam em Goiânia e apenas 6,91% dos municípios goianos possuíam a estrutura.

Além dessa dificuldade geográfica de acesso, outro fator que faz com que as pessoas não freqüentem o cinema é o preço relativamente alto dos ingressos que em 2011, segundo o portal Filme B, tiveram um preço médio de R$10. 

E esse preço ainda aumenta nos finais de semana, que é quando a maior parte da população tem disponibilidade para ir ao cinema, complicando mais o acesso.

O cinema tem a capacidade de fazer com que as pessoas se relacionem e troquem ideias, opiniões, permite a ampliação do conhecimento e o exercício de pensamentos críticos e reflexivos, falta ter o acesso universalizado para que todos possam desfrutar dessas vantagens.

Categorias : Cultura

Listar Todas Voltar