Weby shortcut
4884
Danilo

Saiba como é medida a audiência da televisão aberta no Brasil

Índices, além de servirem de referência para manter programas no ar, norteiam as inserções publicitárias

A televisão, mesmo após o advento e a popularização da internet, ainda é o principal meio de informação e entretenimento do Brasil. De acordo com o Grupo Mídias 2012, mais 92% dos domicílios do país possuem um ou mais televisores.

Assistir televisão é, também, segundo os dados do Instituto Marplan Brasil, um hábito de pelo menos 98% da população acima de 10 anos. Dentro desse percentual, o índice de telespectadores da TV aberta chega a 100%.

Tantas casas e pessoas ligadas à televisão podem ser representadas de que maneira? Qual a aferição dos índices de audiência?  

Está é uma pergunta que somente o Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (Ibope) pode responder, pois é o único balizador dos números que servem de referência tanto para as emissoras, quanto para o mercado publicitário.

Ter acesso aos números do Ibope, porém, é algo complicado. Somente as emissoras de TV e pessoas ligadas a ela, bem como executivos e apresentadores, em geral, obtêm as planilhas com os dados divulgados até mesmo em tempo real.

Porém, esses índices sempre vazam para a imprensa e sites que cobrem o diariamente o universo televisivo. Portanto, os resultados podem ser conhecidos, em quase sua totalidade, acessando os principais portais de notícias do país ou mesmo blogs mantidos por fãs de emissoras como o TV Foco, RD1 e Real Time.

Weverthon Dias, estudante de jornalismo e blogueiro há mais de dois anos, é dono do site Real Time e afirma que os índices acabam sendo conhecidos de todos porque diretores de televisão têm o hábito de comentar nas redes sociais os índices de seus programas.

Outras fontes "certeiras", de acordo com o estudante, são dadas por perfis fakes nas redes sociais. "São pessoas que tem acesso aos números por trabalharem com as planilhas nas emissoras ou até mesmo no Ibope, mas por não querem ter problemas com o Ibope usam perfis fictícios no Twitter".

Índices

São Paulo serve de base para 80% do mercado publicitário do Brasil. Na cidade o Ibope calcula como sendo um ponto de audiência cerca de 60 mil residências com aparelhos ligados em um canal.  

A TV Globo, assim como em todo o país, é a líder no ranking do segmento aberto. Em 2012, ela alcançou uma média de 14,6. Record, SBT e Bandeirantes vem em seguida marcando 6,2; 5,6 e 2,5, respectivamente. Das grandes emissoras, a RedeTV! é a que figura na lanterna com apenas 0,9 ponto.  

De acordo com Dias, esses índices são determinantes para que as emissoras possam fazer seus investimentos e manter produtos no ar. "São assim que eles mantém seus programas e fazem cortes nos gastos e investimentos.Tudo por causa da publicidade"

 Metodologia

O Ibope, tendo como principais critérios fatores econômicos, de idade, gênero e segmento acopla um aparelho na televisão e entrega a todos da família um controle remoto.  

Dessa forma, o órgão consegue diagnosticar quem está à frente da TV no horário, quanto tempo permanece e quantas vezes troca de canal.

Listar Todas Voltar