Weby shortcut
4884

Blogs de Moda e suas influências

O meio de comunicação contemporâneo tornou-se um verdadeiro guia para seus leitores – nem sempre de forma positiva

 Por Maria Rita Meneses

A moda vem ditando tendências e comportamentos através dos tempos. Com o acesso à internet cada vez mais comum em várias partes do mundo, houve um crescimento dos blogs que têm a moda como assunto principal.  

Seja pela linguagem usada, pela ostentação mostrada, pelas atualizações constantes, o fato é que hoje essas ferramentas e suas autoras (as meninas são maioria) servem como grandes formadoras de opinião.

Excesso

A influência que esse blogs causam em suas leitoras é inegável, muitas garotas querem e consomem aquilo que é mostrado ali. Segundo a psicóloga Nelcilene Estevam Araújo, isso nem sempre é muito positivo: “esses blogs são uma indução direta ao consumismo, pois além de “pregar” o estilo da vez ditado pela moda, também são acompanhados pelo consumo das marcas propriamente ditas, agregando status”.

Questões relativas à identidade também trazem questionamentos, uma vez que o que se vê são estilos cada vez mais parecidos, indo contra a busca por sua própria identidade, o que é defendido por muitos adeptos da moda. Assim, a individualidade acaba sendo deixada de lado por muitas “seguidoras”.

Marina Resende Passos, 22 anos, uma das colaboradoras do blog “Ai, que finas!” compartilha da opinião de que a diversidade está comprometida: “O famoso look do dia é sempre bem repetitivo. O que deveria ser o foco dos blogs de moda é levar conteúdo diversificado e abrangente, que é o verdadeiro universo da moda, trazendo arte, inspiração e não somente a bolsa ou o vestido mais caro do momento”, lamenta. 

Impactos

Essa influência pode trazer problemas sérios àqueles que procuram se encaixar no padrão: “Levando em consideração que parte do público alvo seja  composto por adolescentes e jovens, (na faixa de 15 a 25 anos ou mais) são pessoas que ainda estão em formação de sua identidade e em busca de referências para construí-la.”, afirma Nelcilene.

A psicóloga ainda alerta para os possíveis impactos que esse excesso de influências pode trazer. Para ela, deve haver um cuidado maior com aquilo que é divulgado e como as pessoas absorvem, pois as consequências podem trazer problemas futuros.

O problema principal não é gostar de ler o que é postado em um blog de moda, usá-lo como uma fonte de dicas, mas sim o excesso, a dependência que pode acontecer com algumas pessoas, vulneráveis a essas imposições. É preciso exercitar o senso crítico e adequar aquilo que é indicado à realidade de cada um, da forma mais saudável possível. Eis o desafio.

Fonte : Facomb

Categorias : Comportamento

Listar Todas Voltar