Weby shortcut
4884
Cada vez mais conectado

Faca de dois gumes

Benefícios ou malefícios da internet dependem da menira como ela é usada
 

 

Luísa Viana

 

Por Luísa Viana

A popularização da internet nas últimas décadas ampliou seu acesso entre as pessoas. Estar conectado se tornou essencial para a socialização e informação. Quem não está ligado nas redes sociais, nos correios eletrônicos, nos sites de notícia e diversão? A web é um recurso tecnológico, como tantos outros, que facilita a vida profissional e social, mas, se usada de forma incorreta, pode causar sérios problemas à saúde e à vida pessoal.

Silvia Rosa da Silva Zanolla, que é profesora na Faculdade de Educação da UFG, é também doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, afirma que, ao utilizar os produtos tecnológicos, o indivíduo procura suprir uma necessidade de se realizar pessoalmente, através da valorização das coisas materiais. O que, para ela, configura-se em um processo ilusório, em que as pessoas se tornam cada vez mais isoladas, individualistas, frias e distantes.

Para Silvia Zanolla, os elementos que levam o sujeito à busca de satisfação imediata e aceitação social estão no centro da questão.  “Cada ser possui motivações próprias para estar conectado de um modo ou de outro. O importante é saber que o ser humano é, de certo modo, carente e, a partir disso, é movido pelo desejo de ser aceito socialmente” afirma a professora. Ela explica que a internet oferece o que a indústria da cultura sempre ofereceu, a oportunidade de viver situações de ilusão, em que o sujeito tem a falsa ideia de liberdade, afetuosidade e satisfação plena.

Riscos

O uso da internet, de forma moderada, segundo Silvia Zanolla , pode ajudar no desenvolvimento psicomotor do ser humano. Ou seja, o desenvolvimento da coordenação motora, do aparelho cognitivo, da visão espaço-temporal, entre outros. Mas, o seu uso exagerado pode provocar tanto doenças físicas, como paralisia da coordenação motora e problemas relativos à postura corporal, quanto psíquicas, como ansiedade e isolamento social.

Esses problemas podem indicar vício em internet. Neste caso, a pessoa também deixa de realizar atividades importantes para navegar na web. “Seu comportamento demonstra dependência, não come e não sai de casa, como em casos de dependência química”, explica Silva. Para a professora, as pessoas estão se perdendo na relação com objetos supérfluos, na tentativa de resgatarem sua identidade perdida, o que é contraditório, porque buscam a realização naquilo que os faz vazios.

Atrativos

Como muitos jovens, Marina Ribeiro, 22, estudante de Psicologia, não dispensa o uso da internet 3G ou wi-fi, para estar sempre conectada, através do seu celular. Assim, ela passa em média cinco a seis horas por dia navegando na web, mas confessa que nos finais de semana, o computador fica ligado desde a hora que acorda até quando vai dormir. Ela afirma “Utilizo a internet para tudo, desde pesquisar o significado de uma palavra desconhecida até comprar ingresso pro cinema. Mas o principal é pra acessar redes sociais, baixar seriados, filmes e músicas e buscar qualquer tipo de informação desconhecida pra mim”.

A jovem confessa “eu não consigo me imaginar sem meu computador e, principalmente, sem meu celular. Mas eu não vejo isso como algo ruim, estar conectada me traz muito mais benefícios do que prejuízos”. Para a jovem, outra facilidade que a internet proporciona é a agilidade na comunicação. “ Tem coisa mais irritante do que gente que demora anos-luz pra responder um e-mail?”, diz .

Da mesma forma, Sebastião Ferreira de Lima,19, estudante de Direito, afirma utilizar constantemente a internet para trabalhar em seu estágio, realizar pesquisas relacionadas à sua área de estudo, além de acessar seus e-mails pessoais, sites de revistas, Twitter, 9gag, blogs, tumblrs, entre outro sites. Ele confessa estar conectado em média 11 horas por dia e quatro horas nos finais de semana. “A internet já faz parte da vida”, afirma Sebastião.





 













 



 

 

Fonte : Facomb

Categorias : Comportamento

Listar Todas Voltar