Weby shortcut
4884

Além da diversão

Segundo país com maior número de usuários do Facebook, brasileiros utilizam a rede para ganhar dinheiro

Carlos Eduardo Pinheiro

Mark Zuckerberb, fundador do Facebook, não esperava ganhar dinheiro quando criou a rede social. Fez para por diversão. Queria se vingar de algumas desilusões amorosas durante a faculdade. Mas a coisa saiu do controle. O Facebook virou sucesso mundial e Zuckerberg bilionário. Além disso. O site se tornou fonte de renda para milhares de pessoas. Inclusive no Brasil.

 

Dados de e-commerce mostram que o faturamento da venda eletrônica no país saltou de R$8,1 bilhões, em 2008, para R$23,4 bilhões, em 2012. A projeção é que para esse ano o número seja ainda maior, superando um aumento de 25%.

 

Dentro desse universo em expansão, o Facebook é um caso à parte. O mercado criado em torno da rede social ganhou até um termo pŕoprio: F-commerce. De acordo com pesquisa da Hi-Midia, empresa especializada em estudos sobre o mercado digital, 72% dos usuários do Facebook possuem familiaridade com compras online.

 

Compras online

Dentre os usuários entrevistados pela pesquisa, 12% afirmaram ao menos uma vez diretamente pela rede social. O estudo foi feito entre outubro e novembro de 2012, com 570 pessoas de todo o país.

 

A tendência desses números é crescer. Brasil saltou de quarto, em 2011, para segundo país com maior número de usuários. São cerca de 65 milhões de brasileiros com conta na rede social. Somente em 2012 foram 29 milhões de novas contas criadas por brasileiros.

 

Confira: Sucesso na rede - Fanpage de loja online tem mais de 100 mil seguidores

Independência do Facebook - Empreendedor busca fonte alternativa à rede social

Fonte : Facomb

Categorias : Comércio e-commerce f-commerce online economia

Listar Todas Voltar