Weby shortcut
4884

Motoboys e mototaxistas terão que seguir novas regras

A partir do dia 2 de fevereiro, resolução do Contran passa a valer em todo o território nacional

No próximo mês, os profissionais que utilizam motocicletas para trabalhar com entregas e os mototaxistas deverão cumprir as novas regras do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Os motoboys, como são chamados, devem concluir um novo curso de capacitação, além de utilizar coletes com faixas reflexivas, antena corta-pipa e protetor de pernas. O não cumprimento nas normas pode acarretar em multas de trânsito aos condutores do Brasil inteiro.

As mudanças visam melhorar a segurança dos motociclistas profissionais, porém gera custos. O curso a ser realizados terá carga horária de 30 horas, divididas em 25 horas de aula teórica e 5 horas de aula prática. A atividade deve coincidir com a data de validade de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo o Sindicato dos Mensageiros, Motociclistas, Ciclistas e Mototaxistas do Estado de São Paulo (Sindmoto-SP), são encontrados 500 mil motoboys em todo o país. Somente 7% deles encontram-se regularizados de acordo com a nova regra.

Na resolução é possível encontrar os conteúdos e a carga horária de cada módulo do curso.

Fonte : Facomb

Listar Todas Voltar