Weby shortcut
4884
sanduiche

Consumo de fast food aumenta risco de alergias em crianças e adolescentes

Estudo mostra que consumir esse tipo de alimento ao menos três vezes por semana pode aumentar em até 39% as chances de um jovem ter quadros graves de alergia

Ana Letícia Santos

Os resultados de um estudo feito pela Universidade de Auckland, Nova Zelândia, mostraram que o consumo de fast food três vezes por semana ou mais - como hambúrguer e batata frita - pode aumentar o risco de asma, rinite ou eczema em 39% nos adolescentes e em 27% nas crianças.

O trabalho foi baseado em questionários sobre os sintomas das três doenças preenchidos por adolescentes de 13 e 14 anos e pelos pais ou responsáveis por crianças de seis e sete anos. Foram coletados dados de 319.196 adolescentes de 51 países e de 181.631 crianças de 31 países, incluindo o Brasil.

De acordo com os autores da pesquisa, os efeitos dessa alimentação no sistema de imunológico podem causar essas complicações, já que alimentos do tipo fast food têm maior quantidade de ácidos graxos. Segundo a nutricionista Jordana Torres, o excesso de ácidos graxos é tóxico para o nosso organismo e contribui também, negativamente, para o aumento de insulina e glicose circulando na nossa corrente sanguínea, prejudicando o nosso metabolismo e a nossa imunidade.

“Uma alimentação balanceada com todos os nutrientes necessários é muito importante para o desenvolvimento da criança e do adolescente”, afirma a nutricionista. As frutas podem contrabalancear essa toxidade causada pelo excesso de consumo de fast food, já que elas são antioxidantes.

Thaís Costa é mãe de Rafaela, 12 anos. Ela conta que, durante a semana, a alimentação da filha é bastante controlada, com cerca de cinco refeições diárias. Nos finais de semana, ela é liberada para comer frituras e doces. "A Rafaela estava ganhando peso muito rápido e adoecia com muita frequência. Quando o pediatra me orientou para cuidar melhor da alimentação dela, passei a ser mais criteriosa e percebi que ela ficou mais saudável e disposta", declara Thaís.

 

Fonte : Facomb

Listar Todas Voltar