Weby shortcut
4884

O fim do MSN

 

A antiga plataforma de mensagens instantâneas da Microsoft vai ser substituída pelo Skype, adquirido pela corporação de Bill Gates por US$ 8,5 bilhões.

 

Por José Abrão

Mensagem instantânea. A invenção surgiu com os celulares que permitiam o envio de textos curtos de um aparelho para o outro que rapidamente se popularizou e acabou indo parar na internet, em salas de bate-papo.

Mas, dia 15 de março, o Windows Messenger, mais conhecido como MSN, sairá do ar. A plataforma de chat da Microsoft vai migrar para o Skype, adquirido pela corporação em novembro de 2011.

Para o webdesigner e programador Alessandro Guarita, o fim do programa era esperado: “o uso massivo dos smartphones, por exemplo, permitiu o uso de vários aplicativos de chat sem necessidade de um computador”.

Chats mais simples na interface de sites tornaram a conversa muito mais simples, sem a necessidade de logar ou de ter que fechar uma página: “o Facebook fica aberto o tempo todo no navegador e muita gente fica o dia todo com Gmail aberto”, diz Alessandro.

O Skype é um programa complexo, a Microsoft não estaria comprando um programa defasado para substituir outro?

Alessandro acha que não: “Ele é uma ótima plataforma de comunicação. Permite ligações, videoconferências, compra de créditos e muito mais. O Windows é o sistema operacional mais usado no mundo. A Microsoft torna o Skype um programa nativo e pronto!”.



Fonte : Facomb

Categorias : Tecnologia

Listar Todas Voltar